– Não brigue (muito) por causa da crise.

Desde 2014, ano de um período eleitoral pra lá de tenso e início de uma das mais graves crises político-econômicas brasileiras, tem sido muito comum nos consultórios e nas ruas escutar as pessoas dizendo de conflitos relacionais nos quais se meteram, desencadeados fundamentalmente por discussões políticas. Algumas dessas brigas se dão no ringue da internet,…

– Quebrando o viés “Made in USA” (por Flavia Cerruti)

Viver em Nairóbi (Quênia) me fez sentir pela primeira vez a responsabilidade que carregamos com a nossa imagem. Sou latina e sempre me identifiquei com a cultura do hemisfério Sul. Eu passei um pouco mais de um ano viajando em bicicleta pela América do Sul e, sempre que me deparava com alguém adaptado à cultura…

– À querida Silvana Rabello

Neste fim de semana, perdemos uma pessoa muito querida. Silvana Rabello, além de ser  uma referência no meio psicanalítico e clínico, tinha uma grande importância em nossa história; tanto de nós, do Conexões Clínicas, como de outros colegas da psicologia. Me lembro bem quando tivemos nosso primeiro contato, quando ela apareceu para dar o último…

PSICANÁLISE E CLÍNICA CONTEMPORÂNEA

Alzheimer: contribuições da clínica do acompanhamento terapêutico (por Cristiana Gerab)

Quando a memória ganha uma própria geografia, afastando-se cada vez mais do tempo cronológico, inaugura-se uma nova maneira de ser e estar no mundo. Os idosos com problemas de memória tem chegado cada vez mais aos acompanhantes terapêuticos. Normalmente, a família busca ajuda ao notar que sua autonomia passa a ser comprometida pelos lapsos de…

leia Mais

– À querida Silvana Rabello

Neste fim de semana, perdemos uma pessoa muito querida. Silvana Rabello, além de ser  uma referência no meio psicanalítico e clínico, tinha uma grande importância em nossa história; tanto de nós, do Conexões Clínicas, como de outros colegas da psicologia. Me lembro bem quando tivemos nosso primeiro contato, quando ela apareceu para dar o último…

leia Mais

Quando acaba um Acompanhamento Terapêutico ?

O acompanhamento terapêutico (A.T.) surge como dispositivo clínico no Brasil na esteira da reforma psiquiátrica. De início chamados de “auxiliares psiquiátricos”, tratavam majoritariamente de pacientes psicóticos crônicos, e foram figuras importantes no processo do fechamento das instituições psiquiátricas e na criação de um novo sistema básico de atenção em saúde mental. Passados quase 40 anos,…

leia Mais

Psicanálise e Política. Entrevista com Christian Dunker.

Inserido no site PsiBr, o canal de discussão Psicanálise e Política entrevista psicanalistas renomados sobre fenômenos políticos, sociais e culturais na atualidade. O último entrevistado foi o professor catedrático da USP, Christian Ingo Lenz Dunker. A entrevista gira em torno do papel que o psicanalista teria na sociedade, considerando o momento de grande efervescência política que…

leia Mais

O bebê e a conquista do próprio corpo (por Talita Pryngler)

Natureza, relação, movimento, gesto e palavra. São esses os caminhos que o bebê faz nos seus primeiros anos de vida. Esse desenrolar traz também ao adulto que se ocupa dele a possibilidade de se refazer com ele. Isso acontece toda vez que um bebê nasce e é colocado na posição de sujeito. Esse trajeto começa já…

leia Mais

Sugestão de site: theviennapsychoanalyst.at

  Há mais ou menos dois meses o pessoal do site austríaco  www.theviennapsychoanalyst.at nos escreveu perguntando se poderiam adicionar um link do conexões clínicas a sua página. Foi assim que tomamos conhecimento desse interessante portal de psicanálise. A leitura do site vienense pode ser realizado em alemão ou inglês. Com design agradável e comunicação moderna, pretendem…

leia Mais

Psicanálise e neurociência

              Sigmund Freud era neurologista de formação. Extremamente dedicado, visava alcançar alguma descoberta de impacto no campo científico, conforme assinalam as biografias a seu respeito. Chegou a realizar alguns trabalhos importantes na sua área e até aventurou-se a pesquisar os efeitos terapêuticos da cocaína, da qual se sabia muito…

leia Mais

Sonhos: dos xamãs a Freud e Jung.

Desde que o homem é homem, os sonhos são matéria de grande deslumbramento e mistério. Ao longo da história já lhe foram atribuídos inúmeras significações: místicas, religiosas, premonitórias, ligadas aos movimentos da natureza, aos povos ou à vida pessoal do sonhador. Em diversas civilizações antigas os sonhos eram considerados um contato direto com o divino.…

leia Mais

“Causos Clínicos”: as traquinagens no Acompanhamento Terapêutico

Quando trabalhava em uma instituição voltada a pacientes psiquiátricos, durante algum tempo atendi um paciente jovem com quadro de esquizofrenia já estabelecido e que em alguns momentos fazia uso abusivo de cocaína. Apesar dessa combinação arriscada, o paciente era geralmente afetivo, cheio de energia e de anseios com relação a seu futuro, tal como os…

leia Mais

“Causos Clínicos”: lambidas, fugas e dilemas…

O blog Conexões Clínicas inaugura um nova sessão: “Causos Clínicos”. Trataremos aqui de situações estranhas, engraçadas, pessoais, curiosas e até bizarras que acontecem em nossos cotidianos de trabalho. Neste sentido, optamos por uma escrita mais livre,  que comporte a sutileza e o lúdico dos momentos vivenciados. Entendemos ser importante ressaltar que as situações aqui retratadas…

leia Mais

Violências contemporâneas: de súbito, o ato.

Nas últimas semanas, acompanhamos com espanto uma série de atos violentos ao redor do país. Nos referimos à violência tanto no que diz respeito a agressões, espancamentos e assassinatos, como também a palavras e gestos extremamente ofensivos. As cenas ocorreram em campos de futebol, blocos de carnaval, nos espaços comuns da cidade, ou mesmo dentro de apartamentos…

leia Mais

A pele na formação da subjetividade.

“O mais profundo é a pele” – Paul Valery -x- Você sabia que a pele é o maior órgão do corpo, alcançando em torno de 18.000cm² de superfície? Que ela é um dos primeiros órgãos a se desenvolver no feto – algo em torno do 2º e 3º mês de gestação – o que denota sua…

leia Mais

– (Re) Apresentação.

O Blog Conexões Clínicas está de cara nova! Esperamos que a mudança facilite a visualização e interação com os leitores. Aproveitamos para dividir com vocês a nota sobre o blog no jornal ” O Estado de São Paulo ” do dia 10 de novembro de 2013.     Bruno Mangolini, Bruno Espósito e Tomás Bonomi

leia Mais

Jovens que se cortam.

É cada vez mais frequente a procura por ajuda profissional, geralmente solicitada pelos familiares, para o atendimento de casos em que jovens têm deliberadamente provocado cortes em seus pulsos, braços e até nos rostos. Geralmente são meninas, adolescentes, trazidas pelos pais, que ficam aterrorizados com a cena e não sabem o que fazer. Além dos…

leia Mais

Sobre Grupos Terapêuticos.

  Sem um grupo de pertencimento, ou alguns grupos, não somos literalmente ninguém. Tal como inúmeras disciplinas nos ensinam, o bebê humano nasce muito mais despreparado do que outras espécies e, portanto, precisa de antemão de um grupo que o receba, assuma seus cuidados e participe ativamente de sua constituição. De certa maneira é possível dizer que “assina-se…

leia Mais

PSICOPATOLOGIA E PESQUISA

Pesquisa de Harvard examina do que dependem a saúde e a felicidade

As pesquisas de cunho positivista tendem a recortar uma problemática e avaliá-la em um curto espaço de tempo. Essas pesquisas são hegemônicas no mundo ocidental pois são metodologicamente acessíveis e não necessariamente custosas para serem financiadas. De quebra, tem ampla aceitação midiática. Uma revista lança uma reportagem: “a ciência finalmente descobre que o ovo é…

leia Mais

Homenagem a Manoel Tosta Berlinck (27/05 no CEP).

No meio acadêmico, Manoel Berlinck era muito conhecido,  mas talvez a maioria de vocês nunca tenha ouvido falar dele. Seu currículo é extenso, com destaque para seu importante papel na sociologia como professor na Unicamp e FGV,  e na psicanálise como clínico e cofundador – ao lado de Pierre Fedida – de uma grande área…

leia Mais

Alguns comentários sobre o mentiroso compulsivo.

Quem nunca cruzou com uma pessoa que mente insistentemente? No senso comum, eles são caracterizados como indivíduos de mau caráter ou de má índole. Seriam pessoas que mentem para ocupar um lugar de destaque e, ao fazê-lo, não sentem o mínimo de culpa em machucar e passar por cima dos outros. Muitas pesquisas afirmam que a mentira…

leia Mais

O papel do olfato no desenvolvimento da civilização.

De todos os sentidos, o olfato provavelmente seja o menos falado, discutido e retratado, tanto no meio científico quanto no literário. Sim, é verdade que existem grandes produções dedicadas ao tema como o célebre livro “O perfume” (1985), do escritor alemão  Patrick Süskind, adaptado ao cinema em (2006) e a produção nacional “O cheiro do ralo”…

leia Mais

Suicídio: dados, fatores de risco e manejo.

O suicídio é um tema delicado para todos nós, profissionais de saúde mental ou para qualquer pessoa.  Tirar a  própria vida traz consigo questões de natureza filosófica, existencial, religiosa, ética, que remete ao próprio direito à vida; além disso, quando ocorre um suicídio de alguém próximo, a questão central é “o que fizemos para ajudar?”…

leia Mais

A medicalização da existência (Café Filosófico).

O psiquiatra e psicanalista Mario Eduardo da Costa Pereira foi curador de uma série de palestras no Café Filosófico do CPFL Cultura, com a temática “medicalização da existência”. O assunto está absolutamente em voga, já que as classificações psicopatológicas atuais deixaram de ser termos técnicos, servindo como instrumento daqueles que exercem a clínica, e tornaram-se a maneira pela qual…

leia Mais

Epigenética! A influência do ambiente nos seus genes.

Não é raro que em qualquer conversa de amigos, a certa altura, alguém faça menção à genética como maneira de justificar aquilo que está muito arraigado em nós mesmos ou outrem. E isso vale tanto para doenças físicas, as quais estaríamos fadados a herdar, como também para atributos relativos à alma, inclusive traços de personalidade.…

leia Mais

A cura do amor?

Todos devem imaginar que, dentre os temas mais falados nos consultórios de psicanálise ou psicoterapia, um dos mais prevalentes é o amor. Se não o mais. Com grande frequência, as pessoas procuram um analista para ajudá-las diante de relacionamentos amorosos turbulentos, com dificuldades das  mais variadas para amar ou para superar desilusões amorosas. Os caminhos pelos quais cada…

leia Mais

A importância da Atenção Primária em São Paulo, a cidade com maior índice de transtornos mentais do mundo.

Os resultados de uma pesquisa recente chamou a atenção de muitas pessoas: a grande São Paulo é a megalópole com maior prevalência de transtornos mentais em todo o mundo. Foi o que revelou o estudo “Mental Disorders in Megacities: Findings from the São Paulo Megacity Mental Health Survey, Brazil”, realizado em parceria com a Organização…

leia Mais

EDUCAÇÃO E TECNOLOGIA

Tornando-se pai.

Em 2015 virei pai de uma garotinha linda. Sinto que a partir do momento em que minha filha saiu de dentro de minha mulher, tornei-me uma nova pessoa. Aliás, desde então, esse é o substantivo que mais me qualifica: pai. Antes de minha profissão, de ser marido, do lugar que ocupava em minha família de origem,…

leia Mais

A Psicologia do Consumidor e suas implicações (por Gabriel Maschião da Costa)

A cada momento que precisamos adquirir um produto, temos muitas escolhas possíveis. A quantidade de anúncios e propagandas aos quais somos expostos diariamente é enorme. Se hoje há um comportamento altamente incitado, tanto pela esfera pública quanto pela esfera privada, é o comportamento de consumo. Diante de uma variedade enorme de opções, racionalizar sobre todas…

leia Mais

A ‘Deepweb’ e o inconsciente freudiano

Talvez você já tenha escutado adolescentes ou pessoas particularmente interessadas no mundo da internet comentarem a respeito de uma tal de deepweb (internet profunda). O tema é intrigante, cheio de polêmicas e costuma despertar uma tremenda insegurança ao imaginarmos os efeitos práticos que essa rede subterrânea pode provocar em nossas vidas. A deepweb corresponde à todo…

leia Mais

O (des)conforto do silêncio (por Lilia Standerski)

“Sabemos muito mais do que podemos falar, entretanto quase chegamos a acreditar que o que falamos é tudo o que sabemos.”                                                                    …

leia Mais

A Ritalina e o “doping” dos vestibulandos

Quem convive ou atende adolescentes em fase de vestibular já sabe bem o clima que se estabelece nesta época do ano em que estamos. A ansiedade toma conta do vestibulando e da própria família, a expectativa das provas e dos resultados corroem a paciência e a sensação de estar sendo testado toma conta de tudo.…

leia Mais

Adolescentes, jogos eletrônicos e hiperrealidade.

Certo dia, enquanto um de nós coordenava um grupo terapêutico para adolescentes, escutou de um deles: “vocês viram que o pessoal tá assustado, não tá saindo na rua com medo dos assaltos à banco que estão acontecendo?”.  Você deve estar pensando que o adolescente se referia a uma realidade concreta, ao contexto de criminalidade vivido…

leia Mais

Hannah Arendt e os valores de público e privado entre os adolescentes da geração Z (por Joana de Arruda Elkis).

Quando falamos de geração Z, nos referimos às pessoas nascidas entre 1990 e 2014. Nesta nomenclatura, o termo Geração X  é utilizado para nomear as pessoas nascidas após o chamado “Baby Boom”, que foi um aumento importante na taxa de natalidade dos Estados Unidos após a Segunda Guerra Mundial e corresponde às pessoas nascidas entre início dos anos 1960…

leia Mais

Prefiro levar choques a ficar comigo mesmo!

Recentemente uma pesquisa norteamericana publicada no jornal O Globo reacendeu o debate a respeito da dificuldade em ficar sozinho nos tempos atuais. No estudo, homens e mulheres eram colocados em uma sala sozinhos por quinze minutos. Nessa sala eles tinham a opção de se infringir choques ou simplesmente suportar o tempo passar com seus próprios…

leia Mais

Bullying é crime ?

Recentemente, políticos e cidadãos de Carson, na California (EUA), vem se organizando para aprovar lei que criminaliza o Bullying na cidade, conforme noticiou a Folha de São Paulo. Não é o primeiro município que se mobiliza nessa direção e certamente muitos virão a seguir, inclusive no Brasil, refletindo uma tendência a lidar com o problema. Muitos…

leia Mais

Considerações sobre queixas escolares. Entrevista com Beatriz De Paula Souza.

No vídeo abaixo, a psicóloga Beatriz de Paula Souza, que é coordenadora do Serviço de Orientação à Queixa Escolar do Instituto de Psicologia da USP, discute alguns temas relacionados às queixas escolares, mais especificamente ligados à dislexia e ao transtorno de déficit de atenção e hiperatividade (TDAH). Elencamos alguns dos pontos principais da entrevista, que problematizou…

leia Mais

Vídeo Game: até que ponto?

Jogar video game faz cada vez mais parte do cotidiano das crianças e adolescentes. Os avanços tecnológicos permitiram o desenvolvimento de  games impressionantes, com gráficos extremamente realistas e possibilidades de jogos on-line e multiplayer, que oferecem muita interatividade entre os jogadores. Atraídos, os jovens parecem muitas vezes “hipnotizados” com os jogos, e encontrar limites é uma tarefa dificil para os familiares. Com frequência,…

leia Mais

INSTITUIÇÕES E SAÚDE PÚBLICA

A Saúde Mental no Hospital Geral: os desafios da clínica ampliada (por Bruno Bengel)

  Quando ficamos doentes, experimentamos uma condição existencial incômoda. O corpo impõe seus limites e expõe nossa vulnerabilidade orgânica, acarretando modos de subjetivação singulares. Contudo, essa experiência é comum à todos nós, pois ninguém deixa de adoecer. A busca pela restituição do estado normal pode se dar de diferentes formas nos dias de hoje, mas a procura por atendimento médico…

leia Mais

Open Dialogue approach: um novo modelo de tratamento para a psicose

  Desde os anos 1940 e 50, o tratamento a pacientes em grave sofrimento psíquico, em especial psicóticos, vem desenvolvendo-se em pelo menos dois grandes eixos: o da humanização e o da psicofarmacologia. A vertente da humanização, na qual se incluem as estratégias de reabilitação psicossocial, a garantia dos direitos humanos, a psicanálise e as…

leia Mais

A vida e a revolução de Nise da Silveira (por Daniel Taubkin)

Recentemente assisti a um belo filme, “O Coração da Loucura”em que a protagonista é indubitavelmente uma das mulheres mais notáveis da história do país. Trata-se da médica psiquiatra Nise da Silveira (que no filme é interpretada pela atriz Gloria Pires). Sua trajetória se estende brilhantemente pelo século XX, de ponta a ponta, pois Nise nasceu em…

leia Mais

Precisamos falar sobre os nomes dos remédios psiquiátricos.

Quem quer ter sucesso em vendas, sabe que uma das armas mais poderosas é dar ao seu produto um nome que gere o máximo de expectativas positivas no consumidor, criando a ideia de que algo se solucionará instantaneamente. Costuma funcionar assim com alimentos, produtos de limpeza, revistas de notícias e até com remédios. O caso da…

leia Mais

Vida clandestina (por Lia Novaes Serra)

Hoje temos a honra de ceder nosso espaço para Lia Novaes Serra. Lia é psicanalista, mestre e doutoranda pelo Instituto de Psicologia/USP. *** Valorizar a vida, legalizar o aborto. De início, nossa petição pode parecer contraditória. Afinal, compreendemos habitualmente que aborto significa a expulsão voluntária ou involuntária de um feto antes do tempo. Ou seja, nessa…

leia Mais

25 anos da Declaração de Caracas: um marco histórico para a Saúde Mental

Neste ano comemoram-se 25 anos da Declaração de Caracas. Foi através dela que as organizações internacionais legitimaram e deram sustentação institucional para os movimentos reformistas em Saúde Mental, que no Brasil teve início com o Encontro dos Trabalhadores da Saúde Mental de Bauru, em 1987, dando origem à Luta Antimanicomial. A Declaração de Caracas é…

leia Mais

O que é loucura para você?

A loucura do “louco” Quem é o louco, afinal? Machado de Assis já brincava com as categorizações sobre a loucura, questionando os critérios para se dizer quem de fato está louco. E a loucura? O que é? O que ela representa para você? Loucura como expressão humana, fenômeno social, categoria abstrata, figura jurídica, com forças…

leia Mais

“Causos clínicos”: quando a lei encontra o tratamento na saúde mental.

Existem diversas abordagens a respeito da lei no campo das ciências humanas. Na psicologia e na psicanálise existem muitos estudos que relacionam as categorias psicopatológicas com a lei, como, por exemplo, a relação da perversão com a transgressão, os atos transgressivos na adolescência e a imputabilidade dos esquizofrênicos diante da lei. Uma abordagem consagrada deste tema na psicanálise refere-se…

leia Mais

Drogas e trabalho: perguntas que devemos fazer “de braços abertos” (por Carolina Galvão de Oliveira)

Você pode ter um emprego que é um trabalho, mas você também pode ter um trabalho sem emprego. No emprego você assina contrato, tem holerite e FGTS; usa gravata, terno ou avental; tem crachá, catraca ou recepção. No trabalho você faz amigos, acha o café sem graça, compra flores para enfeitar a mesa, num dia…

leia Mais

Futebol e Psicose: a história de um time.

  Como uma das atividades de um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS), realizamos um grupo de futebol. Semanalmente pegamos um ônibus para o Centro Educacional Unificado (CEU) da região, onde temos reservado o uso de uma quadra. O deslocamento favorece o exercício da cidadania, o ganho de autonomia e a apropriação do espaço público, muitas…

leia Mais

Devir, equidade e o SUS

Devir é um conceito filosófico, que significa “tornar-se, vir a ser”. Segundo Heráclito, a essência do Ser é o Devir, resultado das tensões e conflitos que envolvem o ser humano. Deleuze e Guattari abordaram o tema do devir em sua obra, compreendendo-o como o conteúdo próprio do desejo, sua variação intensiva, a afirmação da diferença.…

leia Mais

Breve História dos Hospitais Psiquiátricos.

A história da relação das sociedades com a loucura é longa. Foucault, em seu livro “A história da Loucura”, traça um percurso sobre suas formas de concepção e tratamento nas sociedades ocidentais. Grosso modo, Foucault mostrou que o período do Renascimento foi marcado pela ligação da loucura com o Sagrado; no período Clássico era entendida como desrazão;  já…

leia Mais

FILOSOFIA E CULTURA

– Não brigue (muito) por causa da crise.

Desde 2014, ano de um período eleitoral pra lá de tenso e início de uma das mais graves crises político-econômicas brasileiras, tem sido muito comum nos consultórios e nas ruas escutar as pessoas dizendo de conflitos relacionais nos quais se meteram, desencadeados fundamentalmente por discussões políticas. Algumas dessas brigas se dão no ringue da internet,…

leia Mais

– Quebrando o viés “Made in USA” (por Flavia Cerruti)

Viver em Nairóbi (Quênia) me fez sentir pela primeira vez a responsabilidade que carregamos com a nossa imagem. Sou latina e sempre me identifiquei com a cultura do hemisfério Sul. Eu passei um pouco mais de um ano viajando em bicicleta pela América do Sul e, sempre que me deparava com alguém adaptado à cultura…

leia Mais

Os devaneios de Thom Yorke (ou o videoclipe vivido como um sonho)

Uma das bandas mais ousadas e criativas dos últimos tempos, o Radiohead lançou um videoclipe ano passado da música Daydreaming (devaneios ou sonhos diurnos), sob direção do prestigiado Paul Thomas Anderson. Eis a versão original do trabalho:   Até aí, temos um videoclipe aparentemente esquisito, no qual é possível captar alguma sensação de inquietude e angústia…

leia Mais

É carnaval – e daí?

O Carnaval coloca para a sociedade uma espécie de imperativo: é o momento de ser feliz, de não trabalhar, de ir viajar ou de ficar em casa, ter algum tempo digno em quantidade. Quer você goste ou não de Carnaval, seu acontecimento é algo que modifica o estrato social, que faz com que ele se…

leia Mais

Gloomy Sunday: A música mais triste do mundo

por Carolina Galvão de Oliveira*   Há 47 anos, em 11 de janeiro de 1968, o pianista húngaro Rezsõ Seress se atirava de uma janela em direção à morte. Seu misterioso suicídio passou a integrar a lista de mais de 100 casos de mortes relacionadas à música Gloomy Sunday, ironicamente composta pelo próprio Seress em 1933. Com o…

leia Mais

Quando parei de fumar (por Luisa Destri)

Passei algum tempo me perguntando quando eu poderia dizer que parei de fumar. Só me atrevia a contar que estava sem fumar, ou estava parando. A sensação de fragilidade era imensa: a qualquer momento eu poderia escorregar, ceder a uma tragada – e então, no encontro seguinte com aquela pessoa a quem eu havia contado…

leia Mais

Paixões alegres e tristes de Espinosa: um indício terapêutico?

Espinosa definia paixões como a afeccção que um corpo sofre por outro corpo. Mais precisamente, a modificação que um corpo tem em sua potência, sua capacidade de existir. O filósofo distingue paixão de ação pela causa: na primeira, quem determina a mudança de potência é o outro, há um outro corpo que causa uma modificação em…

leia Mais

Michel Foucault: história e experiência (por Saulo Mota)

  Nas últimas semanas o nome do filósofo Michel Foucault tem sido evocado nas mídias digitais e impressas, depois que a cátedra universitária “Michel Foucault e a Filosofia do Presente” foi vetada pelo Conselho Superior da Fundação São Paulo, que é a mantenedora da PUC – SP. O motivo alegado, de que seu pensamento não coaduna…

leia Mais

As três cartas de Bergson a Deleuze

Bergson foi um dos filósofos mais originais de seu tempo. Sua filosofia escapa às polaridades clássicas, sem se esquivar de temas centrais da Humanidade, como o Espírito, o Múltiplo, o Tempo e  o Pensamento. Ele critica o modelo determinista e reducionista do Homem, defendendo a liberdade e a singularidade como condições humanas essenciais. Bergson foi um dos primeiros…

leia Mais

Cartas entre Freud e Einstein sobre a guerra

Os acontecimentos destes últimos meses têm nos feito lembrar que estamos muito distantes de um processo civilizatório livre de guerras. A ascensão do grupo extremista Estado Islâmico no Iraque,  Israel e Palestina, as guerras civis na Síria e Ucrânia, além de muitas outras guerras espalhadas pelo mundo, revelam a dificuldade de colocar em prática discursos e…

leia Mais

Yayoi Kusama

  Escrevemos este post por ocasião da exposição “Obsessão Infinita”,  da artista plástica japonesa Yayoi Kusama. A exposição aconteceu no instituto Tomie Ohtake no período de 22 de maio a 27 de julho e contou com aproximadamente 100 obras datadas de 1942 até 2012. As circunstâncias de vida de Kusama nos fizeram manter as linhas…

leia Mais

O recalque em Valesca Popozuda, Jean Willys e Sigmund Freud.

Muito se tem falado sobre recalque. Recentemente a música de Valesca Popuzada com o dizer “deixa de recalque” se espalhou pelo Brasil, colocando o conceito psicanalítico na boca do povo. Numa entrevista ao Sakamoto, o deputado Jean Willys disse que o fascismo e o conservadorismo brasileiros foram recalcados com o fim da ditadura e a Constituição…

leia Mais

LIVROS E DOWNLOAD

DELEUZE: Obra completa para download

Deleuze foi um dos maiores pensadores do século XX. Sua obra é repleta de conceitos inovadores que se entrecruzam para criar mais do que uma teoria, uma postura de vida. Através da releitura absolutamente original de autores como Bergson, Nietszche, Espinosa Proust, entre outros, Deleuze foi capaz de romper com o pensamento hegemônico e suas…

leia Mais

“Memórias de um Doente dos Nervos”

No início do séc XX, sujeitos excêntricos eram constantemente vigiados pelos olhos de uma sociedade altamente moralista e tradicional. Muitas vezes, comportamentos que desviassem do padrão eram sinônimo de ameaça para o sujeito que os praticava, com chances de viver até o fim da vida em um hospício e cair no absoluto anonimato. Antes de…

leia Mais

Obras de C.G. Jung

C.G. Jung nasceu na Suiça, em 1875.  Psiquiatra de formação, iniciou sua carreira profissional em Zurique, onde conduzia o tratamento de pacientes esquizofrênicos. Jung foi talvez o discípulo mais proeminente de Freud e ativo colaborador no início da psicanálise. Ele pesquisou e desenvolveu conceitos fundamentais como o de “associação” e “complexo”, sendo que este último foi tomado…

leia Mais

“O Demônio do Meio-dia” (Andrew Solomon)

Andrew Solomon era um promissor escritor nova-iorquino quando foi acometido por seu primeiro episódio depressivo. Pequenos gestos como levantar da cama, se alimentar ou manter relações sociais tornaram-se desafios praticamente intransponíveis para Solomon, atormentado por pensamentos auto-inquisidores e um afeto sombrio. No doloroso dilema entre vida e morte, sua trajetória teve uma virada absoluta: ao invés…

leia Mais

Obra Completa de Freud

Disponibilizamos aos nossos leitores a obra completa de Freud. A contribuição dele à psicologia dispensa comentários, bastando dizer que Freud foi o criador da psicanálise: teoria, método e técnica de investigação do inconsciente. Os livros encontram-se por ordem cronológica.   Bruno Mangolini, Tomás Bonomi e Bruno Espósito.   FREUD, Sigmund. Obras Completas (Imago) – Vol.…

leia Mais

Download gratuito de Freud, Bergson, Bachelard, Lacan, Morin, Deleuze e muito mais.

De anarquismo à geografia, passando pela filosofia, literatura, psicanálise e cinema.   Clique no link abaixo e veja arquivos agrupados por tema:   https://drive.google.com/folderview?id=0B4UG_F2QeFUlakRydmRmZFpjVkU&usp=sharing

leia Mais

– Sugestão de Leitura: 1Q84.

O livro 1Q84, escrito em três volumes, de autoria do japonês Haruki Murakami,  natural de Kyoto, despertou muito interesse do público e foi traduzido em diversas línguas. Só no Japão vendeu mais de 4 milhões de cópias.   O livro narra duas história em paralelo na forma de capítulos consecutivos. Os caminhos dos protagonistas aos…

leia Mais