Psicanálise e Política. Entrevista com Christian Dunker.

Inserido no site PsiBr, o canal de discussão Psicanálise e Política entrevista psicanalistas renomados sobre fenômenos políticos, sociais e culturais na atualidade. O último entrevistado foi o professor catedrático da USP, Christian Ingo Lenz Dunker.

A entrevista gira em torno do papel que o psicanalista teria na sociedade, considerando o momento de grande efervescência política que vivemos no país, onde as discussões se mostram extremamente polarizadas.

Se apoiando no livro de sua autoria: “Mal-Estar, Sofrimento e Sintoma: uma psicopatologia do Brasil entre muros” (2015), o professor discute um modo de subjetivação contemporâneo baseado na metáfora do condomínio fechado, ou seja, na lógica da exclusão e do medo.

Uma passagem particularmente interessante da entrevista relaciona a democracia com o método da associação livre, ressaltando que ambas privilegiam radicalmente a fala livre, a palavra.

Num terreno geralmente pouco explorado pelos analistas, fica a sugestão para aqueles que se interessam pelos cruzamentos entre psicanálise e política.

Tomás Bonomi, Bruno Espósito e Bruno Mangolini.

Deixe uma resposta